Workshop de Criação para Roteiro Audiovisual – Miguel Machalski – outubro/2016

1-miguelmachalski468x2-30-2O b_arco centro cultural contemporâneo, espaço de pesquisa, reflexão, troca e criação de arte e cultura em São Paulo, promoveu em outubro/2016 o Workshop de Criação para Roteiro Audiovisual com o roteirista Miguel Machalski.

Foi uma oficina para roteiristas com estudos da escrita audiovisual, para entender o processo de escrita dos diferentes componentes do roteiro: tema, gênero, tom, personagens, argumento e estrutura.

O conteúdo foi baseado em estudos de casos concretos, de modo onde a turma selecionou ideias para uma história audiovisual, explorou os diferentes componentes e as possibilidades de elaboração dos roteiros (longa-metragem, série, documentário).

Miguel Machalski é nascido na argentina, de uma mãe britânica e pai polonês, vive em Paris e trabalha na área de cinema internacional como roteirista, consultor e educador. Seu perfil multicultural e poliglota e sua diversidade profissional lhe dão uma visão global sobre o desenvolvimento de projetos cinematográficos.

Machalski é consultor dos núcleos criativos da Moinhos de Vento Filmes e da Extremum Produções Culturais, autor e co-autor de 17 roteiros de diversos gêneros (comédia, comédia dramática, drama, relato histórico, policial…) e em três idiomas (Inglês, Espanhol, Francês). Ministra oficinas e assessora projetos na Europa, Ásia, África, Oriente Médio e América Latina, em universidades, escolas de cinema, festivais de cinema, workshops nacionais e internacionais organizados por entidades públicas e privadas.

Colaborou com grandes estúdios (StudioCanal Plus, Gaumont, Svensk Filmindustri) e inúmeras produtoras independentes. Trabalha em vários programas de desenvolvimento e treinamento do europeu Media (Four Corners, Tareula, EAVE, Sources2). Colabora com o Instituto Binger na Holanda e com os Fundos Nacionais de Cinema da Catalunha, Jordânia e Colômbia, como consultor permanente.

Escreveu dois livros sobre escrita de roteiro: “El guion cinematográfico: un viaje azaroso”, publicado na Argentina, reeditado pela Escola Internacional de Cinema e Televisão em Cuba e em versão eletrônica para iPod e iPhone; e “El punto G del guión cinematográfico”, publicado pela madrileña T&B. Seu primeiro livro foi também publicado em português no Brasil.

Foi consultor dos roteiros de filmes como Billy Elliot (Stephen Daldry), Tabu/Gohatto (Nagisa Oshima), Tango (Carlos Saura), Nadie Conoce a Nadie (Mateo Gil), The Golden Bowl (James Ivory), Femme Fatale (Brian de Palma), Spider (David Cronenberg), The Interpreter (Sydney Pollack), The Man Who Killed Don Quixote (Terry Gilliam), Saraband (Ingmar Bergman), Mar Adentro (Alejandro Amenábar), Million Dollar-Baby (Clint Eastwood) e muitos outros.

Tem atuado como supervisor de roteiro de vários filmes: Véspera de Natal (Camila Loboguerrero, Colômbia), Amadores (Gabriel Velazquez, Espanha), Depuis qu’Otar est parti (Julie Bertucceli, França, Geórgia) Guerreiro de Jade (Liro Küttner, Finlândia) Madam X (Lucky Kuswandi, Indonésia), El Futuro (Alicia Scherson, Chile), The Dancer (Ifa Isfansyah, Indonésia), Abra as portas e janelas (Milagros Mumenthaler, Argentina), De Jueves a Domingo (Dominga Sotomayor, Chile), Bonsai (Cristián Jiménez, Chile) … Os últimos três filmes tiveram notável sucesso em vários festivais internacionais, ganhando vários prêmios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *